Captopril, Enalapril e a Empurroterapia

O Captopril e o Enalapril são excelentes anti-hipertensivos quando receitados de forma adequada, onde existem bons produtos de laboratórios reconhecidamente renomados.

Os melhores são justamente os primeiros a serem lançados no mercado cujo preço é proibitivo para a maioria da população brasileira. Felizmente existem Captopril e Enalapril de outros laboratórios com valores mais acessíveis e com garantia de qualidade através de testes de bioequivalência e de biodisponibilidade.

Existem porém uns bem baratinhos, que custam em torno de 6 a 7 reais a cartela, que são farinhas de ótima qualidade para a fabricação de bolos, tortas e biscoitos mas que não cumprem a sua principal função: a de baixar a pressão.

Infelizmente estes são os mais consumidos pela população, é o prato predileto da empurroterapia das
Farmácias, e pela sua baixa eficácia é uma das principais causas de acidente vascular cerebral, infarto e morte por hipertensão arterial.

No programa farmácia popular de distribuição gratuita de medicamentos, mesmo que o médico coloque na receita um anti-hipertensivo de boa qualidade, é quase certo que a farmácia vai trocar por um marca diabo.

À propósito disto, gostaria que todos tivessem em mente algo que tenho observado em meus 34 anos de profissão:

Quando um balconista de farmácia troca a medicação da receita, ou indica por sua conta um medicamento, podem ter certeza de uma coisa: é quase certo que vai empurrar o que tem de pior na farmácia. Aquilo que dá mais lucro ou comissão oferecidas por laboratórios de oitava categoria. Por isso, nunca acreditem em trocas e receitas de farmácias e drogarias.

É inacreditável e ao mesmo tempo inadmissível que a vigilância sanitária não tenha o mínimo controle sobre estes medicamentos. Foram inúmeras às vezes em que alertei para este problema, porém o canal de comunicação entre a ANVISA e os profissionais da saúde é pior do que a qualidade destes produtos.

Alguns inclusive são fornecidos pelo programa de farmácia popular, porém o governo não se deu conta de que toda a economia que faz fornecendo estes Captopril e Enalapril de baixa qualidade, vão acabar saindo mais caro com as verdadeiras fortunas que gastarão em hospitalizações, medicamentos caríssimos, enfermagem especializada, fraldas descartáveis, e permanência na UTI, das pobres vítimas que terão um derrame cerebral pela ineficácia destes medicamentos.

Como se não bastasse o péssimo atendimento pelo SUS, onde o encaminhamento para especialistas, a realização de exames mais sofisticados e a marcação de cirurgia exigem às vezes uma longa espera que pode levar alguns anos, temos ainda que conviver com esta crueldade no fornecimento de medicamentos que agem quase como placebos.

Se ninguém toma providências, a única solução é fazer uma corrente entre os médicos, exigindo o mais rápido possível que todos os medicamentos anti-hipertensivos tenham obrigatoriamente os testes de biodisponibilidade e bioequivalência.

São testes caros e os laboratórios de má qualidade fogem desta exigência, não apenas pelo alto custo dos testes em si, mas porque se obrigam a fabricar medicamentos com substâncias de primeira linha, o que aumentaria o preço final do medicamento, desestimulando a empurroterapia.

Colegas.

Se cada uma fizer a sua parte, resolveremos este problema. Podemos fazer circular esta informação sugerindo aos médicos no sentido de enviarem para a ANVISA este texto, ou um relato de sua experiência com pacientes que foram vítimas destes medicamentos de má qualidade. Se não houver pressão, não haverá solução.

QUEM SALVA UMA VIDA, SALVA UMA HUMANIDADE.

Dr. MOISES ELI MAGRISSO – CREMERS 08708

coopemed@hotmail.com

Anúncios

19 Responses to Captopril, Enalapril e a Empurroterapia

  1. Anônimo disse:

    os médicos hoje em dia são prescritores de medicamentos que os laboratórios e propagandista indicam a eles eles também levam uma pequena parte para indicar certos medicamentos.(viagens,passeios,etc.)

  2. Anônimo disse:

    Parabéns pelas informações

  3. Ao Sr. Izaias C.Pacheco, entre em contato com autor do artigo: Dr. Moisés Eli Magrisso.Saudações.

  4. Izaias Chagas Pacheco disse:

    Caro Dr. Rui, gostaria que o Sr. passasse estas informações para os facebooks, para que as pessoas começassem a espalhar estas informações para as pessoas que tem compartilhamento com essa rede social, para que todo o Brasil venha a conhecer esta grande farsa existente nas farmácias e laboratórios e que seja até um alerta para a ANVISA.

  5. Anônimo disse:

    Muito bom, eu passei por essa experiência, e tive que comprar o mais caro porque o outro mais barato não funcionou.

  6. joão Batista Neto disse:

    Parabéns Dr. pelo texto. Já fui balconista,realmente os laboratorios
    e empresarios do ramo,precionam para q isso aconteça,porém é uma pratica insana,que sempre repudiei. Quanto à nossa ANVISA,até hoje não sabemos a que veio,não controla nada,somente finje ,como tudo neste nosso amado Brasil.
    Att
    Jbatista

  7. Anônimo disse:

    Esse dr. tem muito amor ao próximo, por isso Deus o acompanha sempre.

  8. Mari Carreiro,entre em contato com o Dr. Moises E.Magrisso autor do artigo.Atenciosamente. Dr.Rui Peixoto e Col.

  9. Mari Carreiro disse:

    Dr. Rui Peixoto. O senhor tem observado em alguns de seus inúmeros pacientes atendidos, de que realmente alguns captopril e enalapril não tem a mesma qualidade que aquele que o senhor receita? Me preocupo porque a farmácia onde compro o enalapril, o médico receita um nome, e o balconista sempre troca por outro dizendo que é a mesma coisa.

  10. Bianca, entre em contato com o Autor do excelente artigo: Dr. Moises E.Magrisso. Atenciosamente. Dr.Rui peixoto e Col.

  11. Bianca Vargas disse:

    Minha mãe toda a vida tomou um captopril genérico. Atraída pela gratuidade do programa Farmacia Popular, ela comecou a tomar um similar, e por pouco que teve um derrame cerebral. A pressão começou a subir, e num dia que estava muito nervosa, foi para 20/12 e só baixou depois que tomou o captopril que tomava antes.
    Eu já tinha visto comentários sobre isto de outras pessoas.
    Gratos. Bianca

  12. Dr.Moises Eli Magrisso disse:

    Boa noite Rosane.

    Os médicos não costumam receber comissões de laboratórios, e muito menos laboratórios oferecem comissões para médicos, pois sabem que vão ofendê-los e receberão um sonoro NÃO como resposta. Laboratórios de oitava categoria é que tem costume de oferecer comissões para o balconista da farmácia, jamais para a classe médica. Daí é que veio a expressão “bonificados”, ou seja, produtos de má qualidade empurrados pelas farmácias descompromissadas com a ética, que em troca de comissões, fazem trocas de receitas.

    A sua médica, certamente quer ter certeza que voce está tomando um bom produto, mesmo que os outros mantenham controlada as suas taxas. E na verdade, o único que é 100% garantido é o patenteado (referência). A maioria dos similares e genéricos também costumam ser bons, mas não tem a mesma garantia que depois de analisados e aprovados, continuem a ser bons. Isto depende da indoneidade do laboratório. Eu, como hipertenso, tomo o atenolol e o losartana similar, porque o que eu tomo tem a mesma eficácia que o referência. Trata-se de laboratórios éticos que produzem bom similares.

    Vamos ao exemplo do antihipertensivo de substância captopril.

    São mais de 60 laboratórios que produzem, e posso garantir que quase todos eles são de excelente qualidade, e a maioria são similares. Porém tem 2 ou 3 laboratórios que fabricam com uma baixa eficácia o que é um perigo para o hipertenso. E o pior, esses 2 ou 3 laboratórios, dominam a venda nas farmácias, e na distribuição gratuita da farmácia popular e postos de saúde. Isto porque por serem fabricados com insumos baratos, costumam vencer as licitações, e estes 2 ou 3 laboratórios, são responsaveis por mais de 50% da demanda de antihipertensivos da linha do captopril e enalapril.

    A nossa luta, é para que os teste de biodisponibilidade e bioequivalencia para a garantia de qualidade dos produtos, sejam feitos anualmente, ou pelo menos a cada 2 anos, e não como tem sido feito, a cada 10 anos. Estes testes foram exigidos pela última vez em 2004, e serão repetidos apenas em 2014. A ANVISA não aceita esta sugestão, e insiste que revisões a cada 10 anos está de bom tamanho.
    Existem antihipertensivos bem baratinhos, que se desmancham quando são retirados da cartela.

    Se um paciente tiver um AVC, Infarto ou óbito pela ineficácia de um antihipertensivo deste tipo, de quem é a culpa?

    Da ANVISA que não controla?
    Do médico que receita?
    Da farmácia que empurra ou troca?

    Dr. Moisés Eli Magrisso

  13. Rosane Valente, entre em contato com o Autor do artigo: Captopril,Enalapril e a Empurroterapia ,Dr. Moises E. Magrisso.Dr. Rui Peixoto.

  14. rosane valente disse:

    Boa noite Doutor
    Como leiga, gostaria de também duvidar de um ponto quando fala da baixa qualidade de alguns remédios (feitos pelo mesmo laboratório do remédio patenteado), pois sabemos que muitos médicos recebem comissões dos laboratórios aos quais indicam remédios a seus pacientes. Isso é mentira ?
    Não uso esse tipo de remédio controlado mas tomo outro para tireóide e quando mostrei meus exames com taxas controladas e disse usar remédio “genérico” (não similar) a médica insistiu que usasse o “patenteado”, então diante desse quadro no que devemos acreditar ?

  15. Dr. moises eli magrisso disse:

    Daniela.
    Em resposta à sua dúvida, informo que no programa “aqui tem farmácia popular”, o governo fez convênio com mais de 60 laboratórios fabricantes de enalapril, quase todos eles de excelente qualidade, mas existem os que não são.

    Nos postos de saúde onde a compra destes medicamentos é feita através de licitações, muitas vezes o município opta pelos mais baratos, e assim há o risco de não ser um bom produto. Outro problema está nas farmácias que aderiram ao programa “Farmácia Popular” onde, mesmo que o médico coloque um enalapril confiável, quase sempre será trocado por um de má qualidade, daqueles bem baratinhos de qualidade duvidosa e que dá mais lucro para as farmácias.

    A nossa luta está em exigir da ANVISA, que todos os antihipertensivos tenham controle de Bioequivalencia e Biodisponibilidade anualmente, e não a cada 10 anos, porque embora sejam 2 ou 3 laboratórios que fabricam maus produtos, são quase sempre estes os empurrados nas farmácias que aderiram ao programa, ou os que vencem as licitações em postos de saúde municipais.

    Sugiro então que sua mãe pergunte a seu médico, (somente ele pode orientar) se o Enalapril que ela recebe do posto é confiável. Sua mãe deverá informar o nome comercial e do laboratório do antihipertensivo que ela recebeu. Melhor ainda, se ela fizer um controle diário de pressão, 2x ao dia, durante um período mínimo de 10 dias, e levar o relatório ao médico que cuida de sua hipertensão arterial.

    Dr. Moisés Eli Magrisso

  16. Daniela, entre em contato com autor do artigo:Dr. Moises Eli Magrisso.Dr.Rui Peixoto

  17. Daniela Penna disse:

    Boa tarde Dr.
    Estava lendo esse artigo, e minha mão toma o Enalapril, que pegamos no Posto de Saúde. Até esses são de má qualidade ? Grata Daniela

  18. Marilene Carreiro disse:

    Agora eu entendo porque as farmácias adoram trocar minhas receitas. Já tive crises de pressão alta por causa destas trocas.
    Será que em dia a Vigilância Sanitária vai olhar para nós? até agora só tem defendido a indústria farmacêutica.

    Marilene Carreiro – Cachoeiro do Itapemirim – ES

    smarilene23@yahoo.com.br

  19. Odete Chiodi Kessler disse:

    Dr. Eli, pena que não temos todos os médicos dedicados e serios como o Sr.
    Acompanho seus textos, seu trabalho junto às comunidades, junto aos postos de saúde da região, que muito contam com seu apoio, verdadeiro, sem visualizar recompensas posteriores.
    Obrigado por ser esse exemplo de profissional, por ser um porto seguro quando precisamos de alguém para confiar.

    Odete Chiodi Kessler

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s