O câncer, em vias de ser curado? Queira Deus que sim.

Richard Jakubaszko *

Tullio Simoncini é um médico oncologista italiano que descobriu algo simples e que considera como a causa do câncer. Chegou a essa conclusão raciocinando, observando e pensando de forma diferente do que pensa a comunidade científica, e sem mistificar, melhor dizendo, sem esconder o jogo, com o objetivo de, depois, “agregar valor aos seus serviços”.

O médico observou que todo paciente de câncer tem aftas. Isso já era do pleno conhecimento da comunidade médica, mas “o pequeno problema” sempre foi tratado como uma infecção oportunista por fungos – mais conhecida entre os médicos como Candida albicans. Por isso, quem tem alguma noção de medicina ou de como funcionam as defesas do corpo humano, entra em pânico se as chamadas aftas aparecem, invariavelmente na boca. As aftas aparecem não apenas em quem tem câncer, mas também em quem tem AIDS, pois nesta doença o sistema imunológico humano fica altamente comprometido.

A comunidade científica sempre considerou o aparecimento das aftas, portanto, como reflexo de sistema imunológico comprometido e fragilizado, como nada mais do que uma infecção oportunista, e a tratava como tal, de forma secundária.

O câncer, na grande maioria das vezes, é a reprodução incontrolada de nossas próprias células, daí as dificuldades de sua cura, pois invariavelmente os tratamentos químicos e radioterápicos são altamente tóxicos ao corpo humano, destroem células doentes e também as sadias, provocam inúmeras reações alérgicas. E não impedem sua proliferação em outras partes do corpo.

O médico Tullio Simoncini achou muito curioso que todos os tipos de cânceres tivessem essa característica, ou seja, vários são os tipos de tumores, mas quase todos têm em comum o aparecimento das famosas aftas no paciente. Então, pode estar ocorrendo o contrário – pensou ele. A causa do câncer poderia ser o fungo. O raciocínio do médico é cristalino, pois ele argumenta que a reprodução incontrolável das células – o câncer propriamente dito – nada mais seria do que uma defesa de nosso organismo contra o invasor, nesse caso o fungo Cândida albicans. Ou seja, quando se reproduzem as células, o nosso corpo está nos dizendo que está se defendendo. É como a febre, e que é tratada como doença, e não a sua causa, geralmente uma infecção por vírus ou bactéria. Mas a febre pode nos matar, ou causar sérios danos, caso não seja controlada. Nesses casos combatem-se os dois problemas, febre e infecção, mas nos casos dos cânceres, não. Só o câncer é tratado, e o fungo recebe terapia secundária onde é visto, geralmente nas mucosas da boca.

Em abril 2008 publiquei aqui no blog o artigo “Alergia: decifra-me ou te devoro”. O artigo repercutiu de forma surpreendente, ajudou alguns alérgicos a se reconhecerem como tal. A partir da conscientização conseguem minimizar as consequências dos efeitos negativos que o nosso próprio corpo nos infringe. Nesse artigo comento o desconhecimento e a não importância dada pela comunidade médica aos fatores alérgicos, e destaco que, pelo menos nas minhas alergias a alimentos, como banana, chocolate, batata, feijão preto, leite e outros alimentos, todos eles são, quando na lavoura, altamente suscetíveis a fungos. Diante disso lembrei-me de uma afirmação de um médico octogenário, muitos anos atrás, que me disse que alérgicos dificilmente seriam acometidos por cânceres. Como não existem dados científicos a esse respeito essa afirmação sempre cai no vazio. Mas estou sempre alerta nesta questão. O artigo está no link: http://richardjakubaszko.blogspot.com/2008/04/alergia-decifra-me-ou-te-devoro.html

Para tratar o fungo Cândida albicans, e curar o câncer, o médico italiano Tullio Simoncini usa um dos medicamentos mais simples que a farmacoterapia conhece: bicarbonato de sódio. Trata seus pacientes com bicarbonato de sódio, não apenas ingerido, mas aplicado diretamente sobre os tumores, e tem obtido curas completas em 3 a 4 aplicações.

Para quem se interessar por saber mais nesse assunto clique no link abaixo. O médico fala em italiano, mas tem legenda em espanhol, e nesse site existem muitas informações adicionais sobre o tema.

http://www.curenaturalicancro.com/

Lá estão os métodos utilizados para aplicação do bicarbonato de sódio sobre os tumores. O médico afirma que quaisquer tumores podem ser curados com esse tratamento simples e barato.

Bem que o livro de homeopatia recomenda tratar tumores com borax, que é o remédio homeopático para aftas.

Afinal, uma boa notícia em meio a tantas ruins.

Outros endereços: o vídeo, onde o médico italiano mostra a evolução do tratamento até a completa cura em 4 casos. Mas esse site aparentemente apresenta problemas. Nesse caso vá para o link mais abaixo.

http://www.cancer-fungus.com/sub-v1pt/sub-pt.html

Site em Português. Clicando nas bandeirinhas no alto da página muda-se o idioma:

http://www.cancerfungus.com/simoncini-cancro-fungo.php#

Evidentemente o Doutor Tullio Simoncini tem encontrado muitas resistências na comunidade médica internacional, em especial dos laboratórios farmacêuticos, o que seria um espanto se acontecesse o contrário.

De toda forma, achei muito verossímil o raciocínio desse italiano. Queira Deus que isso seja verdade, iria salvar milhares de vidas e amenizar muito o sofrimento de outro tanto de seres humanos.

Tenho, como todo mundo, um pequeno grupo de amigos que batalham contra essa doença, e sofro com eles e por eles, mas nunca perco a esperança. ET. Existem milhares de páginas no Google se você pesquisar por “Tullio Simoncini”.

Outra coisa: para acalmar algumas mulheres que leram o artigo e afirmam ter aftas na boca após o período menstrual, e por isso ficaram preocupadas, informo que muitos médicos consideram isso normal, em especial após uma regra volumosa. Mas é bom pesquisar, evidentemente, se existem repetições frequentes das aftas. Aproveito para lembrar que não sou médico, sou apenas um jornalista, curioso pelas coisas da vida, que procura se aprofundar nas questões que me chamam a atenção.

* Richard Jakubaszko, jornalista, publicitário e escritor. Editor da revista DBO Agrotecnologia, e também do blog http://richardjakubaszko.blogspot.com É ainda autor dos livros “Marketing rural: como se comunicar com o homem que fala com Deus” e também do “Marketing da Terra”, ambos pela Editora UFV da Universidade Federal de Viçosa, MG. O presente artigo é um capítulo resumido e adaptado do livro Marketing da Terra, que trata sobre como agregar valor aos produtos da terra através do marketing.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s