Defeito do Septo Atrial

A válvula aórtica bicúspide e o Defeito do septo interatrial são as lesões cardíacas congênitas mais comumente encontradas em adultos. A coartação da aorta e a estenose pulmonar são consideravelmente menos freqüentes. A lesão congênita mais comum que escapa da detecção na infância é o Defeito de Septo Interatrial. Frequentemente, é um achado isolado que permite a sobrevivência até a idade adulta com poucos ou nenhum sintomas. A detecção é importante, porque o desvio de sangue Esquerda-Direita, por Defeito do Septo (Shunt E-D) causa hiperfluxo pulmonar, que eventualmente resulta em hipertensão pulmonar. Do ponto de vista funcional, este hiperfluxo é responsável pelo aparecimento de graus variados de hipertensão arterial pulmonar, dependendo do volume de sangue ejetado. Em face, da ausência de hipertensão venocapilar nas cardiopatias tipo CIA – comunicação interatrial, a doença arterial pulmonar raramente é encontrada. A maioria dos pacientes ,  não desenvolvem sintomas antes do 40 anos. Na presença de Shunt, podem apresentar cansaço, fadiga e arritmias.

O diagnóstico é pela Ecocardiografia trans-torácica, trans-esofágica, com contraste e tridimensional. Os Defeitos Septais sintomáticos devem ser corrigidos, quer os sintomas ocorrem a um desvio de fluxo da esquerda para a direita ou da direita para a esquerda. Em pacientes assintomáticos, as recomendações para o fechamento do Defeito do Septo, destinam-se a prevenir o desenvolvimento da hipertensão pulmonar.

O fechamento é recomendado para pacientes com relação entre o fluxo pulmonar sistêmico de 1,5:1,0 ou mais no Cateterismo Cardíaco.

O fechamento pode ser cirúrgico, ou técnicas de reparo por meio de cateter, usando próteses. (Amplatzer ou Helix). Prótese de Amplatzer Defeitos  do Septo com até 40 mm de diâmetro estirado. Helix oclui Defeitos de 20mm.

Anúncios

2 Responses to Defeito do Septo Atrial

  1. cardiologista rui peixoto disse:

    Henrique, a comunicação interatrial, ostium primum e ostium secundum, com foramen oval permeável é uma cardiopatia congênita, classificada no grupo de defeitos
    do septo atrial. Comunicação entre as aurículas ( átrios E e D).

  2. henrique disse:

    cia é o mesmo que Defeito do Septo Atrial?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s